Games e o aprendizado

O primeiro passo para aprender é prestar atenção, e isso é o maior sucesso dos
videogames. De acordo com algumas pesquisas recentes, mais de 90% das crianças jogam videogames. Este impulso nos números de jogadores aconteceu devido a uma enorme popularização dos smartphones. Enquanto não passado como crianças jogavam nos seus consoles e computadores, agora também pode jogar em qualquer lugar nos seus celulares. E não é uma coisa ruim.

Dezenas de pesquisas já aprendidas, que os videogames são um dos críticos para o pensamento crítico e a leitura das crianças. Além disso, no Brasil, como a maioria dos jogos estão em inglês, eles também ajudam a criança a aprender outra língua. E isso tudo em jogos que não são criados com uma educação como seu objetivo, como crianças simplesmente aprendem se divertindo.

É claro que jogos de vídeo não são ensamblados, por isso, não são nas salas de aula, mas os videogames educativos já estão sendo usados por algum tempo. Uma vez que foram analisados como formas mais eficientes de uso de jogos na sala de aula e os resultados, os resultados são surpreendentes.

A pontuação dos nossos jogos, um dos recursos mais antigos do videogame, é muito importante para o incentivo no aprendizado. Quando o aluno recebe uma recompensa por cada assunto, aprenda querendo aprender mais e, consequentemente, ganhe mais recompensas. A pontuação, entretanto, não é necessário ser confundido com uma nota de uma prova, ela serve apenas para uma motivação dos alunos.

ScreenHunter_15930 Jun. 09 11.39No jogo Citizen Earth, da Games Learning Society, o aluno precisa aprender a como diminuir a poluição de um lago, aprender sobre sustentabilidade enquanto brincam.

A pesquisa também é um programa que funciona em uma sala de aula conseguida em breve. Um aluno que conseguiu entender os conceitos e desafios do jogo proposto, também entendeu a matéria da aula. Isso é algo que apenas os videogames na sala de aula podem oferecer.

A evolução da educação digital e uma tecnologia não é inimiga dos alunos, muito pelo contrário. Tudo o que é um professor que também é um adepto do que eles gostam e que direcione este entretenimento para o aprendizado.
Unir educação sem ser algo novo para uma Ciência Louca. Nossas festas e mostra são feitas com este exato propósito, ensinar como crianças de forma divertida para que aprendam de verdade. Conheça mais sobre uma ciência louca aqui!