4 experimentos científicos fáceis que parecem mágica!

Two children making science experiments. Education.

Aprender algo novo na escola só na base da teoria pode ser muito pouco interessante para a maioria das crianças. Entender na prática o que se lê nos livros é uma forma mais eficiente dos pequenos assimilarem o conhecimento adquirido em sala de aula. Já pensou em fazer experimentos científicos para explicar aos seus filhos como alguns princípios básicos da física e da química funcionam? Pode parecer complicado, mas incentivar a curiosidade das crianças é muito mais simples do que se imagina. Confira a seguir uma série de experiências científicas que são muito fáceis de fazer em casa e que parecem mágica:

Areia movediça

Você vai precisar de três copos de amido de milho, um copo de água e uma bacia. Misture a água e o amido dentro do recipiente até ficar bem liso e homogêneo, com uma textura pegajosa.

Agora, experimente dar tapas ou socos na superfície da mistura. Viu como ela parece bem sólida? Tente pegar uma porção da massa e, com a palma das mãos, formar bolinhas fazendo movimentos bem rápidos. Parece uma massinha de modelar, não é? Agora pare de mexer e veja a substância escorrer entre seus dedos. Isso acontece porque a mistura é um fluido não Newtoniano.

Esses fluidos não têm uma viscosidade constante, pois variam de acordo com a temperatura e a pressão. Isto é, quando exercemos uma forte pressão sobre a sua superfície, a mistura comporta-se como sólido, mas, quando não fazemos pressão alguma, ela fica líquida.

Balão que enche sozinho

Adicione cerca de 100 ml de vinagre em uma garrafa (pode ser dessas de refrigerante, mas tem que estar vazia e bem higienizada). Pegue um balão e, com a ajuda de um funil, coloque três colheres de bicarbonato de sódio dentro dele.

Prenda o balão no gargalo da garrafa e vá transferindo aos poucos o bicarbonato de dentro do balão para a garrafa com vinagre. Perceba que as substâncias reagem formando bolhas que vão enchendo o balão. A reação entre o vinagre e o bicarbonato forma um gás conhecido como gás carbônico.

À medida que se forma mais gás, a pressão dentro da garrafa aumenta e o balão infla. Mas cuidado: não use uma grande quantidade de reagentes, você pode acabar estourando o balão.

Mensagem secreta

Esprema o suco de um limão em um copo. Com a ajuda de um pincel de ponta fina (ou cotonete), use o suco do limão para escrever uma mensagem em uma folha branca. Espere secar por completo até que você não consiga mais ler o que foi escrito. Pegue o ferro de passar roupa bem quente com muito cuidado e apoie a folha em uma tábua de passar. Passe o ferro na folha algumas vezes e como num passe de mágica a mensagem ficará visível! Parece mágica, não é?

Na verdade, o limão possui uma substância chamada ácido cítrico que reage em altas temperaturas, deixando de ser incolor para ficar numa cor meio amarronzada. O que antes era invisível, agora é visível.

Dedo mágico

Pegue uma tigela pequena com água até a metade. Coloque uma colher de sopa de tempero seco (pode ser orégano ou pimenta do reino moída, por exemplo). Passe detergente no dedo indicador. e espere alguns segundos.

Agora mergulhe o dedo no centro da tigela e veja o tempero “fugir” para as bordas. Isso acontece porque as moléculas da água costumam ficar bem juntinhas formando uma superfície que consegue suportar o peso de pequenos objetos, nesse caso, dos temperos.

Quando em contato com o detergente, as moléculas de água perdem a força e os temperos, para manterem-se na superfície, acabam indo para as bordas da tigela, onde a água sem detergente continua resistente.

Dessa forma, fica mais fácil ensinar física e química para seus filhos e mostrar que não é um bicho de sete de cabeças. Afinal, praticar ciência é uma forma lúdica de percebermos como o mundo ao nosso redor funciona. Gostou das dicas? Se fizer algum desses experimentos, compartilhe os resultados aqui nos comentários e nos conte tudo!