QUAIS OS BENEFÍCIOS DO MARKETING CULTURAL PARA EMPRESAS?

quais-os-beneficios-do-marketing-cultural-para-empresas-200x150Uma empresa sempre deve buscar novas maneiras de posicionar-se no mercado, para atrair consistentemente seu público-alvo, que está sempre buscando valores sociais em seus produtos.

Nesse sentido, o Marketing Cultural busca aproximar as empresas e clientes, indo além de uma simples relação de compra e venda ao trazer valor e responsabilidade social para a marca de uma corporação.

Entenda aqui o que é e quais são os benefícios do Marketing Cultural para as empresas que o utilizam como uma de suas ferramentas. Confira a seguir:

INVESTIMENTO SOCIAL

O marketing cultural está presente na relação entre organizações privadas e eventos e projetos culturais, isto é, aqueles com conteúdo artístico socialmente relevante. Ao atrelarem sua marca e capital a esses projetos, essas empresas buscam fomentar a cultura da comunidade em que estão inseridas, para potencializar seu valor social.

Essa prática é muito importante, pois enriquece a cultura de uma comunidade, gerando valores positivos, tanto para o setor privado quanto para o público em geral.

ADEQUAÇÃO AO PÚBLICO

Além disso, o marketing cultural é utilizado com o intuito de aproximar a empresa de seu público-alvo, aumentando o espaço de diálogo entres estas contrapartes. Ao entender as preferências ideológicas e culturais de seus consumidores, uma empresa poderá investir em conteúdo artístico de interesse daqueles que são, majoritariamente, o alvo de suas ações, serviços e produtos.

Dessa forma, seu público deixa de encarar os negócios realizados com sua empresa como uma relação financeira. Ele passa a considerá-la uma parte de seu ambiente natural — o que pode impulsionar o interesse de potenciais consumidores em seus produtos.

RESPONSABILIDADE COMUNITÁRIA

O Brasil tem uma forte política de isenção de impostos para os investidores da cultura nacional. Essa redução fiscal, por si, já motiva várias corporações a serem representantes da arte e, também, exemplos de proatividade social. O marketing cultural busca, ainda, ir além dos incentivos financeiros e tem o propósito de solidificar a imagem de uma empresa, dentro do contexto social em que ela está inserida.

Os produtos e serviços fornecidos por um negócio devem ter embutidos valores sociais abstratos, que transcendem o interesse monetário. Ao investirem na arte local, as empresas tomam para si uma responsabilidade importantíssima: a de modificar positivamente o ambiente sócio-filosófico que habitam, apoiando movimentos artísticos, que influenciam a sociedade como um todo.

OS BENEFÍCIOS COMERCIAIS DO MARKETING CULTURAL

Apesar de não ser o intuito principal dessa estratégia, as empresas que utilizam o marketing cultural rotineiramente, em seu mix de comunicação, estão mais propensas a serem socialmente bem-vistas e aceitas. Por estarem mais próximas da realidade de seu consumidor, elas conseguem ampliar a interface que têm com as pessoas a quem pretendem vender seus produtos e serviços.

Portanto, empresas que praticam o marketing cultural têm larga vantagem comercial em relação àquelas que não o fazem. Além disso, essas empresas têm marcas e produtos mais valiosos, por estarem contribuindo para transformar positivamente a comunidade e o espaço em que atuam.

Gostou de nossas dicas sobre marketing cultural? Então que tal conferir também nossas 5 dicas para fazer branding em eventos?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *