Além de uma escola de princesas

Criança está vestida com um traje de astronauta

Imagine uma pessoa criativa;
Imagine uma pessoa que tem o poder de impactar milhares de pessoas;
Imagine a pessoa que pode mudar o mundo;
Imagine uma pessoa que é dona do seu destino.

Você é imaginou um político, um artista, um príncipe ou até uma princesa, é hora de ampliar seus conceitos.

Imagine uma engenheira;
Imagine uma cientista;
Imagine uma programadora;
Imagine uma jovem empreendedora;
Imagine uma mulher que desenvolve jogos, aplicativos, codificações, experiências e equações matemáticas.

Imagine uma criança ou uma jovem que aprendeu e descobriu que Ciências, Engenharia, Tecnologia e Matemática, são caminhos para uma construção de um novo futuro.

Imagine que você tenha ouvalho transformadas em centenas de litros de água potável;
Imagine manter alimentos refrigerados sem uso de energia elétrica ou baterias;
Imagine reduzir o número de usuários de trânsito.

Pode parar de imaginar, estas e outras fantásticas inovações tecnológicas são desenvolvidas por jovens de todo mundo. E com acesso fácil, barato e numa velocidade surpreendente.

Eu acredito – e muitos outros empreendedores da área de educação STEM * também em um novo modelo de educação e formação para as mulheres do século XXI impacto, ainda mais, o mundo em que vivemos.

Há uma série de estereótipos que foram estabelecidos como verdades em nossa sociedade. Estereótipos sobre papeis e funções, estereótipos de sucesso, perfis e comportamentos ideais para determinados gêneros e profissões.

Não campo da ciência e tecnologia, há o predomínio do estereótipo do “Nerd”: homem, pouco sociável, excêntrico e inábil para esportes.

A realidade tem nos nos que são estereótipos são apenas pré-conceitos. Não há correlação alguma entre este perfil e sucesso nas áreas STEM. Há apenas hábitos arraigados, há apenas “verdades” pré-concebidas e estabelecidas. Não há fatos.

É possível mudar este cenário? Sim, mas este processo, começa cedo, quando os pais decidem como vão educar e influenciar suas filhas. Mas pode ser simples:

Experimente invés de conceituar apenas uma “área rosa” da loja de brinquedos, optar por brinquedos que exercitam uma lógica eo pensamento criativo, jogue jogos de maneira que tragam experiências relacionadas ao universo da criança e estimar a busca por respostas daqueles inúmeros “Por ques” Que Ela Tanto quer saber.

Quando escolhe uma atividade extracurricular, pense diferente. Há uma série de cursos com a cara do século XXI no mercado. O que é o caso de uma conversão de codificação, jogos, tecnologia espacial, química, construção de projetos ou até ciência maluca?

Há uma série de iniciativas que dizem respeito a um processo de educação atualizado, participativo, mãos na massa, divertido e desvinculado de rótulos, de gênero, de identidade, ou de qualquer tipo de estereótipo que afaste uma criança da possibilidade de exercer sua curiosidade e Criatividade Para melhor da sociedade.
Fica o desafio para pais, mães, filhos e filhas a conhecerem estas iniciativas, um experimento, um olhar diferente para uma construção de um futuro, e incentivarem suas escolas, centros sociais e sua comunidade a participarem de formativa e está mudando o mundo. XXI.

“Temos de nos para alterar o que queremos ver nenhum mundo”.
Mahatma Gandhi

* Stem é um termo, em inglês, usado para designar o campo do conhecimento composto por ciências, tecnologia, engenharia e matemática (ciência, tecnologia, engenharia e matemática).

Texto de Dany Artel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *