6 DICAS PARA PRODUTORES CULTURAIS INOVAREM NO TRABALHO

6-dicas-para-produtores-culturais-inovarem-no-jobQuem viveu as décadas de 70 e 80 sabe que, durante muitos anos, o Brasil ficou para escanteio quando o assunto era produção cultural. Fora da rota dos grandes eventos, o país era uma espécie de “patinho feito” das Américas. Um lugar onde poucos se atreviam a bancar algum espetáculo.

Acontece que o tempo passou e, com ele, ocorreu uma série de mudanças. Dessa forma, hoje é praticamente impossível passar uma semana que seja sem que aconteça algum show, exposição, palestra ou qualquer tipo de evento.

E com um cenário forte (e fértil) como esse, não custa nada dar algumas dicas para um produtor cultural inovar e fazer bonito no seu trabalho, não é mesmo? A seguir, confira as que separamos por aqui:

EXECUTE AS SUAS IDEIAS

Muitos produtores culturais passam dias ou até meses sonhando com aquele evento perfeito, repleto de novidades capazes de deixar sua audiência falando sobre o assunto durante anos.

No entanto, nada é mais comum do que aqueles que vivem sonhando mas nunca botam em prática seus projetos — que, em muitos casos, poderia realmente dar certo. Portanto, nada melhor do que começar a testar e colocar em prática as suas ideias.

PLANEJE AS SUAS ATIVIDADES

Um evento não começa no dia em que os convidados chegam e nem termina quando eles voltam pra casa. Algumas exposições e shows, por exemplo, podem gastar até um ano só com planejamento, logística e venda de ingressos.

Com isso em mente, é sempre interessante planejar cada etapa dos seus eventos — principalmente se você trabalha com mais de um ao mesmo tempo.

MONTE UMA AGENDA DE EVENTOS

Além dos tão aguardados feriados, existem várias outras datas que podem servir de inspiração para o seu próximo evento. Logo, saiba quando uma banda pode estar disponível para um show, quando um palestrante pode comparecer em um evento, quando um filme entrará em cartaz e outras informações que podem não apenas ajudar na programação do seu evento como também baratear o custo dele.

Afinal, se uma pessoa ou grupo já tem alguma visita marcada em alguma região próxima à sua, o custo com transporte costuma ficar mais barato. E, é claro, não deixe de ficar de olho nas datas de abertura dos editais das leis de incentivo estaduais ou federais.

CUMPRA OS SEUS CONTRATOS

Essa dica vale tanto para aqueles produtores que trabalham com financiamento do governo quanto particular. Se você quer continuar no mercado de produção cultural por um bom tempo, a regra de ouro é entregar o que foi prometido no prazo e com a qualidade esperada.

RESPEITE O TRABALHO DOS OUTROS: UMA DAS MELHORES DICAS PARA UM PRODUTOR CULTURAL

Assim como você, existem vários outros produtores culturais (melhores ou piores) no mercado. Portanto, independente da sua opinião sobre o trabalho deles, respeite-os. Nunca diminua aquilo que foi feito pelo outro, afinal de contas, você não sabe o que aconteceu durante a produção do projeto.

UTILIZE FERRAMENTAS ON-LINE PARA MELHORAR A SUA PRODUTIVIDADE

Já demos essa dica por aqui antes, mas não custa reforçar. Aproveite as ferramentas que a internet proporciona para melhorar e agilizar o seu trabalho.

Aplicativos como Trello, Evernote, Dropbox e redes como Instagram e Facebook podem fazer muito bem para os seus próximos projetos. Sendo assim, conheça e teste cada um deles.

Com um ambiente rodeado de eventos e produtores culturais surgindo a cada dia, é ainda mais importante entregar um bom trabalho e inovar a cada projeto. Portanto, não deixe de colocar em prática todas essas dicas. Faça a diferença no mercado!

Gostou deste artigo? Então aproveite para deixar um comentário com suas dúvidas e opiniões sobre o assunto!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *